Fio Russo e Búlgaro: O que é? Preço e fotos antes e depois!

Fio Russo e Búlgaro: que técnica é essa que está se popularizando nas clínicas estéticas do mundo inteiro? Considerada mais eficaz do que outros procedimentos, como o botox, pode ser uma boa alternativa caso você esteja buscando uma renovação completa no visual. Quer saber tudo? Acompanhe o post!

fio russo como é feito

O que é Fio Russo e Fio Búlgaro e qual a diferença?

Ambas as técnicas são bem parecidas e têm a mesma finalidade: um lifting total na pele para acabar com a flacidez e sinais de envelhecimento, sem a necessidade de fazer uma cirurgia ou um procedimento agressivo e invasivo.

Fio Russo: Como o próprio nome diz, surgiu na Rússia por meio do cirurgião Marlen Sulamandize. Essa técnica usa um fio de polipropileno, material absorvido e que não causa danos ao organismo e nem alergias, utilizado há muito tempo para fins estéticos devido à resistência e baixo índice de deslocamento.

Esse material possui farpas que são direcionadas a determinadas direções, conforme a área da pele que será trabalhada. Assim, depois de um efeito de elevação, as farpas permitem que o fio mantenha-se fixo no local, sem deslocamento, promovendo uma ação imediata até que um novo tecido se forme e deixe a região com ótimo aspecto.

Tanto o fio russo como o fio búlgaro são considerados pelos especialistas métodos de tração da pele usando fios de sustentação, com resultados eficazes na correção de rugas e outros desconfortos. Embora o fio russo seja mais usado no rosto, pode ser aplicado até nos glúteos. É como se fosse uma âncora, para repuxar e manter o aspecto da pele bonito, sem flacidez e problemas similares causados tanto pela idade quanto por falta de cuidados.

Vale deixar claro que no fio russo usa-se uma fina microcânula oca que percorre a face em um trajeto pré estabelecido pelo cirurgião, introduzindo assim o fio que se prenderá por meio das farpas (que lembram até escamas de peixe).

fio russo e bulgaro

O fio russo/búlgaro estica a pele e melhora a aparência!

Fio Búlgaro: É praticamente a mesma coisa do fio russo, a diferença é que a fixação é realizada em um osso, amarrando os tecidos e usando um material chamado policaproamida. É um fio elástico e trançado que nunca se rompe, acompanhando as características naturais da pele e com alta adaptação aos tecidos, por isso, não deixa a expressão ‘paralisada’ como acontece com o botox.

O fio búlgaro é bem versátil e ideal para diversas áreas do corpo, indicado para sobrancelhas, bigode chinês, atenuar a maçã do rosto e corrigir variadas imperfeições que deixam muitas pessoas insatisfeitas e desesperadas. Tem uma ótima duração – cerca de 5 anos – e é uma técnica pouco invasiva, que não necessita internação, dura pouco tempo e proporciona uma recuperação rápida, sem inchaços e outros incômodos.

Mas, então, qual devo escolher? Essa é uma escolha muito particular, que depende do objetivo caso a caso. Por isso, antes de recorrer a esses procedimentos, é primordial conversar e passar por uma avaliação completa com o especialista, deixando claro o que você busca com esses procedimentos estéticos. Assim, ele te indicará ou o fio russo ou o fio búlgaro.

Ambos procedimentos podem ser realizados sozinhos ou em conjunto com outro tratamento estético, como a bioplastia. É indispensável falar  com o cirurgião e com o responsável pela clínica para saber qual a melhor solução para seu caso!

Onde pode ser aplicado?

Rosto

No rosto, essas técnicas são indicadas para corrigir o bigode chinês, levantar as sobrancelhas e as bochechas, atenuar as maçãs do rosto, acabar com rugas, pontos de flacidez e sinais de envelhecimento, mandíbula, entre outras.

Nariz

Quem tem imperfeições ou não está feliz com o formato/aspecto do nariz, também pode recorrer ao fio russo para mudar e renovar. É um procedimento ótimo e indicado para modelar e corrigir falhas, sulcos e incômodos nessa região.

lifting fio russo e bulgaro

Pescoço / Papada

No pescoço, o fio russo é indicado para acabar com a papada, promovendo um lifting para eliminar os excessos e melhorar a aparência. A incisão é feita atrás das orelhas para esticar a pele, mudando o aspecto do músculo lateral e fazendo esse incômodo sumir.

Glúteos

Nos glúteos, o fio é implantado na região do tecido gorduroso, acima do músculo, amarrado no formato de círculo para dar mais firmeza à região. Popularmente, é usado para ‘levantar o bumbum’, já que os fios se unem às fibras naturais e são absorvidos pelo corpo.

Mama

Tal como os glúteos, nas mamas o recomendado é para acabar com a flacidez e dar aquela ‘levantada’ que muitas mulheres buscam. Especialistas garantem que a técnica é mais indicada e segura do que outros procedimentos cirúrgicos, como a mastopexia – que corrige as mamas caídas -, por exemplo.

Vantagens e Desvantagens

Vantagens do fio russo/fio búlgaro:

  • Técnica pouco invasiva, opção favorável quando comparada à cirurgia;
  • É prática e simples, com curto tempo de execução (menos de 1 hora);
  • Seguindo as orientações e cuidados, a recuperação é rápida;
  • Versátil, indicada para melhorar o aspecto de várias áreas do corpo;
  • Pessoas de todo tipo de pele podem apostar na técnica do fio russo;
  • É mundialmente conhecida e faz muito sucesso no exterior, com ótimos (e rápidos) resultados;
  • O procedimento é seguro, sem efeitos colaterais e recomendado por diversos cirurgiões.

o que é fio russo

Desvantagens do fio russo/fio búlgaro:

  • Tem um preço elevado dependendo da área/especialista responsável;
  • Não é uma técnica permanente, precisa ser renovada com o tempo;
  • A recuperação precisa seguir cuidados específicos para dar um bom resultado;
  • Ainda não é tão popular no Brasil como é no exterior.

Indicações e Contraindicações

Homens e mulheres de todos os tons de pele podem aderir ao fio russo sem problemas, sendo mais indicado para quem está na faixa dos 30/40 anos, quando começam a aparecer incômodos comuns na pele e em várias áreas do corpo. É bom para sustentar a pele, dar um upgrade no visual e na aparência, acabando com a flacidez e evitando um lifting cirúrgico – que é mais complicado.

O fio russo/búlgaro é considerado atualmente um tratamento revolucionário que ajuda pessoas no mundo inteiro, sendo uma opção mais segura e versátil, associada a outros métodos, como a bioplastia, por exemplo. Por isso, não é contraindicada para pessoas mais velhas, desde que não sofram de alguma doença/condição de saúde.

Na dúvida, é essencial passar por uma avaliação completa com o médico antes de aderir ao procedimento. Geralmente, no grupo de risco estão gestantes, portadores de doenças crônicas ou de pele, ou alérgicos ao material utilizado no tratamento.

Recuperação e Cuidados

A recuperação após o fio russo geralmente é tranquila e sem problemas. Depois do procedimento (que usa anestesia local), o paciente pode ir para a casa, mas deve ficar de repouso por alguns dias. Quando é feito no rosto, é indicado usar uma máscara de esparadrapo antialérgico. Além disso, deve-se evitar movimentos bruscos na região.

Entre os cuidados, estão evitar forçar a área tratada, comer alimentos duros, quentes e alergênicos; além de não frequentar lugares quentes (sauna) ou expor o local ao sol. Também é recomendado não tocar na área, apenas limpá-la de acordo com as orientações do especialista.

Depois de 7 dias, é possível voltar às atividades aos poucos. Podem surgir edemas e inchaços, é comum, porém qualquer alteração deve ser informada ao médico imediatamente. O profissional deve estar a par da recuperação passo a passo.

Quanto custa? 

O preço do fio russo varia muito conforme a área que será tratada, clínica e especialista em questão. Por isso, vale uma boa pesquisa antes de escolher o melhor local para fazer esse procedimento. A média fica entre 1500 a 5000 reais, depende de muitos fatores. Mas, lembre-se sempre de escolher o melhor e mais confiável para que sua saúde não seja afetada após o tratamento estético.

fio russo destaque

Toda mulher sonha em ficar com uma pele linda e renovada!

Dúvidas comuns 

  • Fio Russo/Búlgaro dói?

Como usa anestesia local, não costuma doer, mesmo com a implantação dos fios por meio da agulha. Se mesmo assim o paciente tiver receio (ou medo da agulha), ele pode tomar um sedativo, que fará efeito durante a operação.

  • Dura quanto tempo?

Depende muito do caso. Com bons hábitos e cuidados, especialistas garantem que o fio russo dura até 5 anos. Quando você começa a perceber que o aspecto da pele está mudando, pode realizar a sessão novamente.

  • Quando o resultado aparece?

O efeito é visível poucos dias após o procedimento, com boa melhora depois de algumas semanas.

  • Fio Russo é seguro ou perigoso?

É uma técnica considerada segura e que não há perigos ou riscos, menos invasiva que outros tipos de lifting. Porém, escolha sempre uma boa clínica e profissional.

  • Se tocar na área, dá para sentir o fio?

Não. A implantação do fio russo é feita na camada superficial do tecido adiposo, sem chegar no tecido muscular. Portanto, não é sensível ao toque e nem visível.

  • Quantos fios são utilizados?

A quantidade varia de 2 a 14 fios, depende do tratamento e do estado da área em questão. De modo geral, no rosto são usados menos fios em comparação a outros locais do corpo.

  • São necessários exames prévios antes de colocar fio russo?

Sim, uma avaliação média prévia é fundamental, para saber se o paciente está apto para aderir ao fio russo/búlgaro e evitar problemas futuros.

Fotos de Fio Russo e Búlgaro Antes e Depois

Quer saber como é o resultado dessas técnicas? Confira fotos de fio russo e búlgaro antes e depois!

fio bulgaro resultados

fio búlgaro

fio russo antes e depois

fio russo bulgaro

fio russo como é

fio russo como funciona

fio russo doi

fio russo lifting

fio russo mulheres

fio russo o que é

fio russo preço

fio russo resultados antes e depois

fio russo resultados

fio russo vantagens e desvantagens

fio russo vantagens


O mercado estético está evoluindo cada vez mais, com procedimentos eficazes e que realmente fazem toda a diferença! O fio russo/búlgaro se encaixa perfeitamente nisso, uma ótima alternativa para renovar o visual!

Tem alguma dúvida, sugestão ou crítica? Deixe um comentário no post! Para acompanhar outras dicas legais sobre Beleza e Saúde, continue navegando no site! Boa sorte e até a próxima! :)

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *